Exchanges que listaram token da GenBit podem ser esquemas fraudulentos, segundo relatos de investidores

As acusações vão de fraude, divulgação de volume falso de transações, lançamento de IEO (Initial exchange offering) de esquemas fraudulentos – como pode ser o caso do GenBit - e até roubo.

Siga no

Os líderes da GenBit costumam se “vangloriar” em grupos do Telegram porque a empresa conseguiu listar o TPK (Treep Token) na p2pb2b, exchange supostamente sediada na Suíça, e na Exrates, localizada na Estônia.

Em abril, os defensores da suposta pirâmide financeira até usaram a listagem para criticar os investidores que não acreditam no token.

Em um comunicado, eles disseram que os clientes (e o público no geral) usam pouco do cérebro e não têm capacidade de ver a realidade tal qual ela é.

Trecho do comunicado enviado pela GenBit

No entanto, o que esses líderes não falaram para os investidores é que as corretoras internacionais que listaram o TPK podem ser uma fraude. E para descobrir isso, basta fazer uma pesquisa rápida no Google.

Dezenas de reclamações no Bitcoin Talk

Só no Bitcoin Talk – fórum criado para discutir bitcoin, blockchain e criptoeconomia – há dezenas de reclamações sobre a p2pb2b e a Exrates. No Reddit também há discussões sobre o assunto.

As acusações vão de fraude, divulgação de volume falso de transações, lançamento de IEO (Initial exchange offering) de esquemas fraudulentos – como pode ser o caso do GenBit – e até roubo.

Alertas no Bitcointalk
Alertas no Bitcointalk

Um dos usuários, identificado como dopey, disse que a p2pb2b, por exemplo, sumiu com 600 hempcoins – uma criptmoeda desenvolvida em 2014 – de sua carteira na exchange. Já o usuário vejonkaren acusou a p2pb2b de ficar com as criptomoedas depositadas por ele.

Sobre a Exrates, o usuário Kumarodus disse que “como membro da comunidade de criptografia, é importante avisar todos os membros da comunidade que a Exrates.me é um esquema fraudulento”.

Ele apontou algumas caractertísticas para justificar tal afirmação, como divulgação de volume falso, usuários fakes nas redes sociais da exchange e sumiço de depósitos.

Alerta no Bitcoin Talk
Alerta no Bitcoin Talk

Exchanges divulgam poucas informações

Nos sites institucionais dessas corretoras há poucas informações sobre seus fundadores. No Twitter, um usuário chamado AngryBeur apontou que a p2pb2b e a Exrates pertencem a um suposto golpista ucraniano chamado Valerii Solodovnyk. Ele não apresentou provas.

O interessante, no entanto, é que AngryBeur apontou semelhanças nos conteúdos estáticos entre as duas exchanges parceiras da GenBit.

“Elas têm o mesmo texto! Uma coisa boa é que os golpistas em série são preguiçosos e copiam e colam o golpe o máximo possível, apenas mudando de nome (…)”, disse.

Publicação EXRATES
Publicação EXRATES

Publicação F2Xpb2
Publicação F2Xpb2

Vale ressaltar que, apesar das alegações feitas por dezenas de investidores em fóruns, não há órgãos oficias estrangeiros que atestem que tais exchanges são de fato esquemas fraudulentos.

Confira o histórico da GenBit:

Genbit começa atrasar pagamentos

Genbit começa a ser processada na justiça

Ministério Publico entra com ação contra Genbit; ação é de 1 bi

Polícia Civil investiga Genbit

Genbit diz onde está dinheiro dos clientes

Genbit quer pagar clientes com Sushi

Ex-ancião de igreja promoveu Genbit

Advogado quer varrer da Igreja líderes da Genbit

GenBit diz que sua criptomoeda é igual BAT e Tether

Justiça tenta bloquear 800 milhões da Genbit mas só encontra R$ 1.800

Presidente da GenBit fecha acordo de R$ 100 mil, “mas na hora de pagar desaparece com dinheiro”

Casal que perdeu R$ 45 mil em corretora pendura faixa na sede da empresa

Braço direito de presidente da GenBit toa calote de R$ 1 milhão da empresa

Corretora usava “coach que chora em palco” para certamente atrair investidores

Corretora deverá devolver dinheiro de cliente que não aceita criptomoeda

GenBit pede mais tempo para tentar, de fato, valorizar sua moeda fictícia

Empresa de informática que tomou calote da GenBit pede falência na Justiça

GenBit não paga funcionários, corta plano de saúde e deixa colaboradores sem assistência em meio à pandemia do coronavírus

GenBit muda nome de sua “moeda fictícia”, tenta encobrir passado e cria nova suposta pirâmide

Juiz dá 48h para Genbit converter Token e pagar cliente

Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).
Etiopia-bitcoin

Etiópia descobre bitcoin e volume dispara

O bitcoin chegou à Etiópia, um país africano muito pobre e dividido que se orgulha de nunca ter sido colonizada. A Etiópia é o...
Niall Ferguson

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...
Bitcoin-carta-amigos-e-familiares

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Últimas notícias

“Bitcoin está vencendo a revolução monetária”, diz premiado historiador da Bloomberg

Niall Ferguson é um premiado jornalista, historiador financeiro, comentarista político e uma figura muito respeitada dentro do mercado financeiro, sendo até um conselheiro de...

Desenvolvedor do bitcoin escreve carta para amigos e família: “comprem bitcoin”

O bitcoin continua se mostrando um investimento por diferentes motivos, tanto para quem realiza trades quanto para quem vê a moeda como uma reserva...

Comunistas adotam o bitcoin

Use blockchain para “aproveitar os meios de produção monetária”. É assim que começa o livro escrito pelo filósofo Mark Alizart, Criptocomunismo. Ele argumenta que a...