GenBit comprou jatinhos com dinheiro de investidores; Justiça quer saber onde eles estão, diz Record

Reportagem produzida pela emissora chamou GenBit de "pirâmide financeira" responsável por destruir sonhos

-

Siga no
Presidente da GenBit, Nivaldo Gonzaga. Imagem: Reprodução/TV Record
Anúncio

A Justiça quer saber onde estão os jatinhos que a Gensa Serviços Digitais, que controla a GenBit, comprou com recursos captados de forma ilegal de mais de 45 mil investidores. Além disso, busca identificar se a suposta pirâmide financeira enviou o dinheiro dos clientes para contas no exterior.

As informações foram divulgadas neste domingo (17) pelo programa Domingo Espetacular, da Record TV.

Segundo a reportagem, descobrir o paradeiro das aeronaves e das contas em outros países seria a única forma de recuperar o dinheiro das vítimas do suposto esquema fraudulento, já que a Justiça não encontrou nenhum centavo nas contas das empresas do grupo.

Anúncio

Genbit Domingo Espetacular. Imagem: Record
Genbit Domingo Espetacular. Imagem: Record

A reportagem também afirmou que as investigações sobre o conglomerado agora estão sendo tocadas pela Justiça Federal.

GenBit é uma pirâmide financeira criada por golpistas, diz emissora

Na reportagem, de quase 12 minutos, a emissora de Edir Macedo não poupou palavras para descrever o esquema montado pelo empresário Nivaldo Gonzaga.

A TV reconstruiu todo histórico da GenBit, falou sobre as promessas de 15% de lucro da Zero 10 Club e chamou o negócio de pirâmide financeira montada por golpistas, responsável por destruir o sonhos das pessoas.

Vítima da Genbit no Domingo espetacular
Vítima da Genbit no Domingo espetacular

A produção também “recheou” a reportagem de vídeos de Gonzaga. Em alguns, ele aparece fazendo promessas mirabolantes de lucros irreais e tentando convencer pessoas a acreditar no negócio; em outros, o suposto “piramideiro” esbanja luxo e fala sobre uma viagem para a Europa, bancada com dinheiro captado de forma ilegal dos investidores.

Vítima investiu R$ 570 mil junto com família e amigos

Investidores lesados pela GenBit também foram entrevistados. Um deles, que não mostrou o rosto, afirmou que acreditou no negócio e indicou o esquema para cerca de 50 pessoas. “Entre familiares e amigos, investimos cerca de R$ 570 mil no negócio”, disse.

Nivaldo Gonzaga e seu filho, Gabriel Tomaz Barbosa. Eles são administradores da GenBit. Reprodução/Facebook.

Outra vítima, que também não se identificou, falou que no início ficou com um “pé atrás” de investir na empresa, mas depois de ver que outras pessoas supostamente recebiam e de ter sido influenciado pelas promessas, resolveu colocar R$ 27,5 mil. “Eles fizeram uma lavagem cerebral na gente”, falou.

Nivaldo sumiu de condomínio de luxo onde vivia

Ainda segundo a matéria, por causa da investigação em curso e do golpe aplicado em seus investidores, Nivaldo Gonzaga e sua família sumiram do condomínio de luxo onde viviam, em Valinhos (SP).

Esquema zero 10 clube
Esquema zero 10 clube

A reportagem também mostrou que na sede da empresa, desocupada no início do ano, já não há mais nada.

Na matéria, a Record também citou a ação civil pública aberta pelo Ministério Público, que determinou o bloqueio de R$ 800 milhões da empresa.

O promotor responsável pelo caso, Eronides Santos, também foi entrevistado. Ele citou que a Gensa Serviços Digitais criou uma seguradora com nome parecido com uma empresa reconhecida no mercado financeiro só para enganar as pessoas. “É claro que aquilo não tem lastro nenhum”, falou.

Advogado da Genbit diz que clientes já foram pagos

A TV informou que não encontrou Gonzaga e nem seu filho, Gabriel Barboza, para dar entrevistas. No entanto, o advogado da GenBit, Rainaldo Oliveira, foi entrevistado. Como de costume, ele disse que os clientes já foram pagos com o TPK (Treep Token), a moeda sem valor algum que a empresa obrigou seus clientes a aceitar.

Veja a reportagem aqui.

Confira o histórico da GenBit:

Genbit começa atrasar pagamentos

Genbit começa a ser processada na justiça

Ministério Publico entra com ação contra Genbit; ação é de 1 bi

Polícia Civil investiga Genbit

Genbit diz onde está dinheiro dos clientes

Genbit quer pagar clientes com Sushi

Ex-ancião de igreja promoveu Genbit

Advogado quer varrer da Igreja líderes da Genbit

GenBit diz que sua criptomoeda é igual BAT e Tether

Justiça tenta bloquear 800 milhões da Genbit mas só encontra R$ 1.800

Presidente da GenBit fecha acordo de R$ 100 mil, “mas na hora de pagar desaparece com dinheiro”

Casal que perdeu R$ 45 mil em corretora pendura faixa na sede da empresa

Braço direito de presidente da GenBit toa calote de R$ 1 milhão da empresa

Corretora usava “coach que chora em palco” para certamente atrair investidores

Corretora deverá devolver dinheiro de cliente que não aceita criptomoeda

GenBit pede mais tempo para tentar, de fato, valorizar sua moeda fictícia

Empresa de informática que tomou calote da GenBit pede falência na Justiça

GenBit não paga funcionários, corta plano de saúde e deixa colaboradores sem assistência em meio à pandemia do coronavírus

GenBit muda nome de sua “moeda fictícia”, tenta encobrir passado e cria nova suposta pirâmide

Juiz dá 48h para Genbit converter Token e pagar cliente

Siga o Livecoins no Google News para receber nossas notícias em tempo real.
Curta nossa página no Facebook e também no Twitter.
Receba também no email se cadastrando em nossa Newsletter.
Lucas Gabriel Marins
Lucas Gabriel Marins
Jornalista desde 2010. Escreve para Livecoins e UOL. Já foi repórter da Gazeta do Povo e da Agência Estadual de Notícias (AEN).

Leia mais

Leia mais sobre:

Últimas notícias

“Se você acha que imposto é roubo, chama a polícia”, diz Kim Kataguiri

Em um entrevista para o canal Letícia Shirakiin, o Deputado Federal Kim Kataguiri foi questionado se imposto é roubo. A resposta veio em tom de...

Surge o Primeiro Case da Hathor

Pois então que surge espontaneamente o primeiro caso de uso da blockchain brasileira Hathor. Vou contar como isso aconteceu. Bem, o time concebeu a...

Google fala sobre golpe com Bitcoin

No podcast mais recente do Google, três especialistas da gigante das buscas comentaram sobre um tipo de golpe que envolve Bitcoin. No tópico que falava...